segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Em resposta

Hoje fiquei chocada. Chocada e extremante feliz! Porque hoje descobri que as pessoas de fato lêem meu blog! Nunca pensei que isso acontecesse em tão larga escala como pude notar com o meu post de hoje. Não achei que o assunto fosse polêmico. Mais uma vez, escrevi expressando a minha opinião sobre os outros, sobre mim, sobre a vida. E qual foi a minha surpresa? Repercutiu como nunca! As pessoas se incomodaram. E quando se incomodam, elas não querem deixar quieto. Querem é colocar tudo para fora, se expressar ao máximo. E é o que eu faço também com esse blog. Então, achei muito justo reservar um espaço apenas em resposta a essas pessoas que tornaram meu dia mais feliz e que, no fundo, são bem parecidas comigo, já que não deixam quieto quando algo lhes incomodam.

Divirtam-se com as respostas. E se quiserem ler os comentários originais, eles estão lá no post anterior.

Querida Fernanda, adorei seu comentário. Adoro receber críticas, mas apenas quando são construtivas e mais ainda, adoro rebatê-las quando não concordo totalmente. Para mim, o Facebook é mais do que uma descontração, infelizmente, hoje, se tornou uma ferramenta para deixar as pessoas mais próximas e manter contato com os amigos mais distantes. Se eu quisesse apenas descontração, jogaria FreeCell. Me divirto com coisas que de fato são legais, inteligentes ou não. Dá para sacar quando a situação de fato tem potencial para ser divertida. Em relação ao julgamento das brasileiras, não só as julgo, mas julgo a todo o povo brasileiro e acredito sim que existam povos e culturas muito mais evoluídas e educadas do que nós. Não escolhi nascer aqui, mas nasci, me orgulho e faço de tudo para que eu e as pessoas ao meu redor se tornem pessoas melhores. Procuro sempre usar o cérebro, não se preocupe, mas, mais do que tudo, prefiro usar o coração e é por isso que escrevo o que vem à mente, sem pudores, sem restrições, apenas para satisfazer a minha própria vontade e meu próprio prazer, porque esse blog é umas das poucas coisas que posso chamar de minha.

Adoro união por uma boa causa, sempre fui e sou a favor de motivar as pessoas por um mesmo ideal, mas sem banalizar o assunto, se é que você me entende, Milena... Luciano, concordo plenamente. A publicidade é ótima, tanto que um post meu nunca teve tantos comentários!

Sr. Anônimo, por favor, da próxima vez, não fique tímido e comente o que achar necessário usando a sua própria identidade. Não sou pretensiosa realmente e adoraria que você lesse melhor o post da próxima vez... Eu acho a causa tão justa que achei muito pouco o que estavam fazendo, por isso, e apenas por isso, denominei-a idiota.

Querido Tomas! O assunto já está sendo resolvido, não se preocupe! E talvez a inspiração venha desse ótimo momento da minha vida.

Muito obrigada a todos vocês!

4 comentários:

Anônimo disse...

Não sou Sr. Anônimo e sim Sra. Anônima. Não tive vontade de revelar minha identidade pois não a conheço e você não me conhece, ou seja, minha identidade é que menos importa. Li o seu post com atenção e por isso mesmo o julguei proveniente de uma pessoa pretensiosa. Você deve se considerar muito para julgar que o que estão fazendo é pouco...enfim, se você está feliz e numa ótima fase, como informou, que bom! Continue feliz e pretensiosa...eu não pretendo mais voltar a ler seu blog. Não gosto de pessoas que se julgam demais, criticam demais, se "sentem" demais, etc. Seja feliz!

Anônimo disse...

Ah, esqueci...você só tem 10 seguidores? É isso mesmo? Boa noite!

sininho disse...

http://sininhobhz.wordpress.com/2010/06/08/anonimos/

Camila Ciberi disse...

As pessoas aqui tem todo o direito de expressar a sua opinião aqui, por isso que não deixo de publicar nenhum cometário recebido. Não tenho um blog para ter seguidores, tenho um blog para mim e se os outros se divertem com ele, ótimo. Realmente, é muito fácil criticar sem mostrar a cara ou sem ter argumentos consistentes.