quinta-feira, 18 de junho de 2009

Prejudice

Não sou daquelas pessoas que têm preconceitos, claro que durante nossa vida, já vivemos situações em que nos pegamos sendo preconceituosos e nem nos demos conta. Todo mundo já olhou meio torto para aquela menina com roupas esquisitas ou ficou meio com medo do homem mal-encarado na rua ou pensou que aquela velhinha não fosse capaz de dançar como acabou de fazer. O preconceito sempre foi tema de debates, principalmente, entre as raças, os negros sempre acusaram os brancos de serem preconceituosos, até por uma questão histórica, acredito. Mas essa semana, pude ver exatamente o contrário. Entrei no metrô lotado para voltar para casa depois do almoço e sem querer pisei no pé de uma menina que estava sentada. Pedi desculpas e continuei de pé. Quando paramos na próxima estação, me encolhi para dar passagem para uma pessoa sair e encostei, sem pisar, no pé da amiga da menina. Ela deu um grito absurdo e soltou um "Bitch!". Isso porque eu já tinha pedido desculpas novamente. Depois disso, elas ficaram me encarando a viagem inteira e na hora de sair, uma delas colocou o pé propositalmente para eu tropeçar, mas óbvio que eu tinha visto e passei por cima. Na saída, a mesma chutou minha bolsa. Meu único pensamento foi: Filha da Puta! Mas não consegui gritar, estava tão abismada que a minha voz não saiu...

Nenhum comentário: