quinta-feira, 9 de abril de 2009

Por que eles não entendem?


Alguém já pensou em lançar uma cartilha com os fundamentos básicos para se entender uma mulher? Ela deveria ser escrita na linguagem masculina para realmente fixar as ideias mais importantes na cabeça dos homens. E não estou me baseando apenas em experiências pessoais, são histórias que ouço todos os dias de amigas, das amigas de amigas, familiares e colegas de trabalho.


Os acontecimentos até que são diferentes, porém os desfechos e as reações parecem combinadas, tal a similaridade entre elas. Ah, mas aí, os meus queridos leitores irão pensar: "Claro, as mulheres também não entendem os homens e se fizessem certo, não haveria nenhum desfecho desse". Ok, eu até concordo nesse ponto. A gente erra também, também fazemos coisas incompreensíveis e agimos fora do senso de realidade os homens. Mas aprendemos. Percebemos que daquele jeito ele não gosta ou não é o certo e tentamos não fazer da próxima vez.


É aqui que a mente masculina falha. Eles parecem que possuem uma fraqueza na capacidade de aprendizado. Podemos dizer dez vezes que não gostamos disso ou daquilo, ou do jeito que ele fala e são trinta vezes que eles irão fazer igual. Por que depois de uma briga, todos eles (nunca ouvi falar de uma exceção), não conseguem pedir desculpas? Por que nos ligam no dia seguinte e fingem que está tudo normal e que absolutamente nada acontecem no dia anterior? Pois saibam, odiamos isso. Encarem a situação, resolvam o problema, peçam desculpas se necessário, que orgulho é esse, que vale mais do ficar tudo bem?


Parece que falta muito para que os homens cheguem nesse nível de compreensão. Realmente, se a mulher não vier com manual, estaremos todas fadadas a lidar com situações como essa. Nem aqueles e-mails que circulam por aí, do tipo: "O que ela quer dizer quando diz...", funcionam. Nem os gays atingiram a compreensão parcial da mulher, eles são mais sensíveis, mas só. Por isso, fica aqui a minha disposição em colaborar com qualquer mulher que tome a iniciativa em escrever a tal da Cartilha Prática para o Entendimento Superficial do Universo Feminino.

Nenhum comentário: