sexta-feira, 13 de março de 2009

Eu recomendo - Filmes




Quem não gostaria de ser um milionário? Eu também gostaria, mas não gostaria de passar por todos os maus momentos que Jamal teve que enfrentar para chegar a esse ponto. Na minha opinião, o filme mereceu o Oscar. Muito bem feito, a história é contada de uma maneira dinâmica, envolvente e emocionante.




Jamal é o menino pobre que morou toda sua vida na favela. E que favela! Acredito que nem no Brasil temos algo igual à Índia, as casinhas pobres brotam do chão e são construídas como labirintos. A pobreza é estampada a todo momento e é visível como a população indiana é miserável. Claro que, os "donos do morro" são ricos e possuem mansões e os que trabalham para eles vivem um pouco melhor. Você chega a ficar com raiva dos meios encontrados pelas pessoas para ganhar direito e fica indagando como é que aquilo pode ser um ser humano.




Os atores escolhidos são excelentes, as crianças atuam muito bem, o roteiro é fantástico e a história muito bem bolada. O filme, apesar te mostrar o lado pobre e triste da Índia, te faz rir e se apaixonar pelos dois irmãozinhos e por Latika. Aproveite o final de semana e vá ao cinema, só não fique na sala quando acabar o filme. Quando acender a meia-luz, saia correndo, assim você terá o prazer de ficar com um filme emocionante na mente e terá a sorte de não ver uma dancinha ridícula que os personagens fazem ao final do filme enquanto seus nomes pipocam na tela.

Nenhum comentário: