quinta-feira, 8 de janeiro de 2009

Ser humano em construção

Os últimos capítulos de A Favorita estão difíceis de perder. Novelas, no geral, quando chegam ao final ficam irresistíveis. Em algumas cenas o autor nos chama de burros, mas no fim, acabamos rindo muito. Ontem mesmo, o Orlandinho (personagem que está na dúvida se é gay ou não) disse que era um ser humano em construção, quando foi questionado se era hetero ou homossexual ou bissexual. Achei o termo interessante. E na verdade, percebi que ele vale para outros significados.



Eu, por exemplo, me considero um ser humano em construção. Ainda não estou na carreira da minha vida, ainda não tenho o emprego dos meus sonhos, ainda não ganho o suficiente para me sustentar e acredito que ainda tenho muito o que aprender. Já encontrei meu grande amor, mas ainda falta chão para formar uma família. Por isso, sou um ser humano em construção.



Na verdade, acredito que sempre temos algo a acrescentar para alguém ou a aprender com alguém. Por pior que seja a pessoa, ela nos ensina, nem que seja, o como não fazer. Todos que conhecemos durante nossas vidas nos permitem conhecer uma nova parte do nosso eu, alguma que, até então, não sabíamos da sua existência. São nossas experiências que nos permitem crescer e construir mais uma parte de nós a cada dia que passa. Sendo assim, mão na massa e muita disposição para construirmos o melhor ser humano possível.

Nenhum comentário: