quarta-feira, 8 de outubro de 2008

Jingle Bell


Lá vem ele outra vez. Mal nos esquecemos do Natal anterior e já temos que nos preocupar com o seguinte. Os enfeites já estão sendo vendidos, os shoppings começam a ser enfeitados, as propagandas com promoções natalinas acabam de ser criadas. Qual é o espírito verdadeiro do Natal afinal? O consumismo parece ser a regra básica dessa época em que pessoas que nem se gostam precisam sorrir enquanto passam o peru pela mesa.


No meio dessa hipocrisia generalizada, vemos famílias que só se reúnem para o Natal, vemos mães enchendo o carrinho de compras para fazer um banquete na ceia e provar que o seu é melhor do que o da casa da sogra no ano passado, vemos lojas abrindo durante a madrugada para aqueles que deixam o presente para a última hora, aliás, todos deixam.


Nunca gostei dessa época do ano, acho que nem quando criança. Só lembro da bagunça que ficava a casa e do galo que fiz batendo a cabeça não sei aonde. Hoje, é mais chato ainda. Sempre reclamei, mas nunca parei pra fazer algo que valesse a pena. Já que o meu não é especial, pretendo tornar o de algumas pessoas especial. Infelizmente, não posso dar uma festa ou me vestir de Papai Noel para levar presentes para as crianças pobres. Mas farei a minha parte ajudando em algo, seja participando de alguma ceia em algum abrigo, seja organizando uma festinha na creche, qualquer coisa.


Por menor que seja o gesto, farei o Natal de alguém muito mais feliz e é isso que importa. Para mim esse é o espírito do Natal. Quem conhecer alguém que faça algo desse tipo, me avise. Ou se alguém quiser participar comigo, está mais do que convidado. Para aqueles que curtem essa época, também há simples atitudes que podem ser tomadas, como pegar uma cartinha nos Correios para o Papai Noel de uma criança pobre. Faça sua parte e não permita que a hipocrisia tome conta do Natal.

3 comentários:

Anônimo disse...

Papai Noeis (baraba natural e artificial) para entrega de presentes, atendemos todos os segmentos.
Contato: jorge.elenco@gmail.com
Portifolio:http://jorgeeventos.blogspot.com

Thales disse...

Acho bem legal tua iniciativa, e concordo que este seja o espírito natalino. Sempre adorei essa época de final de ano, e lamento não ter feito teu Natal mais feliz nas duas oportunidades que tive.
Beijos

Ale disse...

Podes-me mandar um postal de Natal! Eu vou ficar feliz :)